JUS SANGUINIS

JUS SANGUINIS   – Serias tu, vivaz suficiente Para viver eternamente?… Vivo os dissabores da vida, Nas tênues noites frias; Lôbrego, na ânsia de um sonho, No firmar da lua, pobre Eva cativa. Ah, lúgubre noite bela! Faz-me pensar em tudo que vivi de perverso, Na...

O PALHAÇO

O PALHAÇO     Palha no cabelo, nariz vermelho e aço no coração! Maquia o riso em um pranto distorção, Imagina então! Tantos mundos profundos riscados na face desse cidadão.   (Anderson Delano...

RI DE TI PIERROT

RI DE TI PIERROT   I   Ri de ti pierrot contrito, o atrito que permeia tua face com silêncio da rosa é totalmente merecido, ri de ti pelas sépalas segregadas…   II   Ri de ti pela mácula de Macário, em penumbra de uma poética mascarada de alegria, sorria! Ante...

CAMINHO DOS OLHOS

CAMINHO DOS OLHOS   Tenho aprendido a ouvir com os olhos, Não, não são ossos do ofício da Psique! Nem uma poética louca, mas… entenda que: Eu tenho aprendido a ler teus olhos! Sim, posto que as vezes teus olhos Gritam, cantam, sussurram até dançam, Enquanto...

SE ELA UM DIA DESPENCAR DOS CÉUS

SE ELA UM DIA DESPENCAR DOS CÉUS   Se ela um dia despencar dos céus, que caia serenamente, e que sua pele alva possa vestir meus versos emplumados, para fazê-la voar mais alto! Que caiam em meus lábios, gotas doces de uma poética misteriosa do seu silêncio, de um...

SURREAL

SURREAL     Surpreso ante o meu reflexo em olhos teus De súbito encanto, a calar-me em lábios mádidos, Sussurrando delírios, em lírios frescos e cálidos… Subi as Estrelas, para trazer-te em versos oníricos   A cor da noite, na ponta dos teus dedos píricos...

A PRIMA DA RIMA

A PRIMA DA RIMA A prima da Rima Se chama Constância, E desde menina Sem extravagância, É a menos querida Da mãe Poesia, Vivia esquecida Ao Esmo dizia, Que desde a infância A Rima reinava, Quem era Constância? O poeta pensava… E assim sussurravam Os anjos da...

VERSOS EM 212 SABORES

VERSOS EM 212 SABORES     E desnuda, em um sonho real, eu a vesti de poesia, Sim! A cobri, corpo límpido, carne quente, E perfume de 212 sabores, e calada dizia: Querer sem querer, em língua vistosa,   Um baile entre os dentes…   Langue em desejos, atroz em ser...

NÃO ME ORGULHO

NÃO ME ORGULHO   Não me orgulho de ser diferente, ainda crer em gente. De pensar que afeto é melhor que grosseria, de ver como magia a lua colher estrelas! Não me orgulho por mesmo certo despir o orgulho e pedir perdão, é que presença doce amarga a questão. E...

ELEGIA DOS 30 ANOS

ELEGIA DOS 30 ANOS   “A poesia esta nos olhos de quem vê. E voam as notas musicais, canção pra te dar bom dia.”   Não, eu não te peço perdão por te amar de repente! Embora, cante Vinicius, e eu a dor que em gotas sente, deixei os sabores e aromas no ultimo...

SE ELA SOUBESSE

SE ELA SOUBESSE     Se ela soubesse, das cores corais que guardei pra ela, dos corais sonoros que bradam em meu peito, quando ela esta, mesmo sem estar, sempre esteve, talvez sempre estará,   Talvez o tempo dirá, ressoara em canção doce pra te cobrir de gotas de...

BORBOLETA

BORBOLETA (Resposta a Vinicius)   “Brancas Azuis Amarelas E pretas Brincam Na luz As belas Borboletas”   (Vinícius de Moraes – As Borboletas)   Então vos digo: A minha tem todas as cores, Faz gelar o complexo espinal, e teu dorso, luz aroma e sabores,   A minha...

Página 10 de 10« Primeira8910

Pequenezas