LUTA
 
E lutou tanto que um dia a dor venceu
E a luta virou luto na alma que adoeceu
 
Anderson Delano Ribeiro
Anderson Delano

Anderson Delano

Aprendiz de psicólogo pela UFF, poeta, músico, apaixonado por arte, design, nerdices e pela Psiquê.

MAIS SOBRE O AUTOR
TODOS OS POSTS